quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Reserva pede paz e amor


Imagine que o mundo esteja acabando agora. Surgiriam para você tais questões: "Você está amando de verdade?"  "Tem paz no coração?" Você só sobreviveria caso as respostas fossem afirmativas. Essa foi a proposta da grife masculina Reserva no desfile de inverno de hoje.


Os sobreviventes da Reserva vestiram peças inspiradas na  África e nos elementos da cultura judia. Todos os modelos entraram sujos de terra e queimados pelo sol. Parecendo eu depois do banho de sol... Adoro demais a Reserva e quase tudo que vi, adorei. Exceto os exageros de conceito pra efeito de passarela. Normal, né.

A marca conseguiu escapar do apagão do inverno. Trouxe preto e xadrezes como as outras. Mas também trouxe estampas étnicas e cores quentes. Fez as calças largas e sarouel e as múltiplas sobreposições. Mas fez também uma multiplicidade de casacos e blusas incríveis, misturando materiais como couro, lã... e trabalhou muito bem as barras, os decotes e os bolsos. Inovou no contraste de cores, enriqueceu com os acessórios, deu show!

Que o desejo de paz e amor que a Reserva espera esteja entre nós. Bandeira branca, como todos carregaram ao final da apresentação.



























Reações:

0 se meteram: