terça-feira, 11 de janeiro de 2011

De cabelo novo para 2011!

Oi 2011! Oi Brasil! Que delícia estar de volta depois de umas férias deliciosas com pessoas mais gostosas ainda. As coisas acontecem muito depressa na nossa vida, ainda mais quando se relacionam à moda. Todos os dias temos novidades, e meu objetivo é viver cada momento intensamente. Quando falo de moda, não tenho a intenção de acompanhar todos os lançamentos e efemeridades do setor, mas sim me divertir com o que eu gosto e que me parece agradar quem lê o BAPHOMETRO.

Já ouvi que meu blog gira em torno de auto-promoção. Claro que sim gente! Não tenho a pretensão de ser um gerador de conteúdo externo, já que não sou um portal de moda, um site institucional nem nada disso. Sou um cara bem humorado escrevendo sobre o que mais curto. Acho meio patético alguém isoladamente escrever sobre moda como se fosse um jornalista do meio. Eu conto aqui pra vocês sobre como absorvo esses assuntos e como os coloco em prática na minha realidade. E sabem, tem dado super certo. Também recebo muitos elogios, pedidos de ajuda e felicitações.

Pra ficar bem claro o objetivo do blog, começo o ano falando do meu novo corte de cabelo para encarar o verãozão. Nessa estação já passei pelo Rio, Belo Horizonte e Porto Alegre, e cada lugar está mais quente que o outro. Para isso, penso que o hairstyle deve ser prático e adequado, sobretudo. Se tiver o apelo da estação, melhor ainda, né?
Escolhi um dos cortes que mais apareceram nos últimos desfiles de verão das grifes internacionais e nacionais: a la Elvis Presley. Mas calma! Não tem nada de caricatural no estilo. Ele tem a pegada do topete do rei do rock + algo do moicano no topo + nucas e laterais raspadas.
O modelo Matheus Verdelho é um dos adeptos do estilo por aqui.

No Brasil, a Cavalera apostou sem medo no corte para os meninos (veja nas três imagens que abrem o post). Lá fora foi a Versace quem mais investiu no assunto (veja na imagem de backstage abaixo).
Puxa pra cima!
Na primeira imagem, look da Versace; ao lado a leitura da Dsquared2.

Para finalizar, uma boa pomada ou cera seca na ponta dos dedos para levantar. A que eu uso é essa azul da linha Bed Head, da Tigi. No Brasil ela custa em torno de R$100,00.
O meu corte foi feito pelo amigão Rafa, de BH. Ele mesmo tem esse corte. Pra quem estiver na mesma cidade que ele, me peça o telefone que vale a pena. Ah! mas e como ficou meu cabelo? Assim que eu receber as imagens do Rafa eu posto! Beijos e feliz ano novo!

Edição de imagens: Lucas Presotti.

Reações:

1 se meteram:

Adorei o estilinho do corte! Um topete bem anti-Justin Bieber com aquele franjão na testa.

Beijos,
Mara
http://verypinksmile.blogspot.com