quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Uniformizados?

Você já parou pra pensar que existe uma quantidade enooooooorme de pessoas que acordam todos os dias para trabalhar ou estudar e não tem o prazer de escolher uma roupa interessante e que acompanhe seu ritmo/humor? Ou, por outro lado, tem/já teve muito prazer observando alguém que se veste sempre da mesma forma e provoca desejos íntimos em você? Tudo isso está ligado ao uso de uniformes. Na maioria das vezes esse uso é compulsório, não restando nenhuma possibilidade de criatividade. Em outras, dá pra dar uma "burladinha", acrescentando algo aqui e tirando outro acolá. Na foto acima, um grupo de aeromoças da Varig nos anos 60.
Em novelas e filmes as empregadas são sempre objeto de desejo do patrão tarado. Você já soube de algum caso da vida real? Alguém aí acha atraente esse vestidinho preto + avental + sapatilha? E as pobre coitadas que são obrigadas a vestir calças e botinas para fazer limpeza?
No caso da enfermaria até dá pra entender, né? Você tá lá malzão, precisando de ajuda, de atenção e de carinho, com uma equipe de médicos e enfermeiros à disposição. Gente forte, decidida, sabendo o que deve ser feito por você. Aquela aura tranquila e segura das roupas brancas dos pés à cabeça. Sensação boa, né? Não à toa é temática recorrente em filmes pornô.
E o que falar dos esportes? Roupa democrática, fácil e confortável. Geralmente envolta em corpos sarados e esbeltos. Conheço meninas e bees que detestam futebol mas param para assistir só por causa dos meninos. Ah, nada de Richarlyson ou Ronaldinho Gaúcho, ok? ;) Tem também a ala que adota o estilo no day by day, que o BAPHOMETRO desaprova e eu já escrevi sobre aqui. Cada estilo no seu lugar, combinado?
Um caso interessante de uniforme na moda foi a linha que Alexandre Herchcovitch desenhou para o McDonald's e que inclusive foi à venda para o público "comum". Repare acima que os preços quase acompanham os das coleções habituais do estilista. Você vestiria? O tênis e a pólo eu até encarava, mas não pagaria esse preço!
Se você é como eu, odiava vestir uniforme na escola. Eu tinha horror àquele azul tenebroso e deprimente acompanhado só de camiseta branca com o logo da escola. Boring! Eu sempre caprichei no tênis e na mochila - trendsetter entre os coleguinhas :D Já esses uniformes das meninas acima também são ítem recorrente da imaginação fértil masculina. São acima disso, super tradicionais e elegantes, não?
E aí chegam os bombeiros e os meninos do exército. Segurem a mulherada! Quantos catálogos de bofes escândalo como os da primeira foto você já viu? Inúmeros né? E correr atrás dos milicos na rua você já correu? Conheço gente que sim. Além de tudo, a padronagem do exército - camuflado - vem e volta na moda vez ou outra, assim como o cáqui dos bombeiros.
Em uma linha B, fiscais de trânsito e polícia civil circulam pela rua em roupas menos elaboradas, mas mesmo assim ajustadas e provocantes. Seria proposital? Seria apenas motivado pela praticidade de ter um uniforme seguro e ágil? Estou viajando? Se sim, por que tantos meninos querem se vestir de policiais em festas à fantasia? E porque são os que mais chama atenção das meninas? Hum???
Até os vovôs da aeronáutica (imagem 1) e marinha (imagem 2) atiçam as vovós e a mulherada em geral. Eles são sérios, colocados e impecáveis. Quer melhor demonstração de segurança do que esses homens em blazers bem cortados, retíssimos e em pose forma? É pra respeitar mesmo, né?

Reparou na quantidade de interrogações do texto? O assunto é pra ser analisado mesmo. Eu tinha feito essa pesquisa de imagens há muito tempo, por sugestão do meu amigo e leitor do blog Pedro, mas só agora tive esse insight de como trabalhar a pauta. Pensem e me contem ;)

Reações:

9 se meteram:

Uniformes já fez mta escola...
o Emilio Pucci q o diga...
rs...

Beijokas

Adorei a ideia do post, é bem interessante. Uniformes podem ser tediosos, podem ser fetiche... Tem pra todos os gostos.

Beijos!
Mara
http://verypinksmile.blogspot.com

Menine!
Adorei o post, de verdade! Precisamos combinar algo, mas eu ando com tanto trabalho, que tem sobrado pouco tempo... inclusive no finde.
Temos que combinar um café, final da tarde, oq achas?
abração

Alex, Pensa numa pessoa que odiava e ainda continua odiando os uniformes escolares e tbem profissionais atuais... lógico que não estou generalizando, alguns sim passa, mas a maioria acho morto e sem sentido. Nunca tive interesse de pesquisar a fundo sobre, mas sei se surgir um concurso oficial para estilistas redesenharem os uniformes, sairia muita coisa boa viu....
Adorei os questionamentos do post.

E em breve vou relatar tudo sobre o MTP.

Beijos

Eu não gosto de uniformes. Mas adorei o post.

gosto do uniforme dos saoldados ingleses.

# A coleção do Amir chega na C&A no dia 26/12.

Abraços

Eu sou a favor de uniformes em algumas ocasiões, pois dependendo da função da pessoa sua roupa ficaria abadinha se ela inventasse de se produzir...
Eu não tive problema com uniforme na escola, sempre investia em acessórios ^^
Bjus

hey kra-rules aonde vc está? q n pode comparecer nos eskemas daki? agite uns por aí meu! é muito bacana aliar conceito, moda, drinks e possibilidades... abs amigaum

Em certos casos os uniformes são até mesmo necessários, digamos assim, mas agora que saí da escola (foi ontem, hahaha), acho ótimo poder inventar meus looks e aplaudo a diversidade!
Beijo!