sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Sem teto, mas com muito estilo na Amapô

A inspiração não é nada nova. Diversos designers já pesquisaram o universo dos mendigos para trabalhar em suas marcas. Mas a Amapô trouxe um frescor novo, que é a cara do inverno, na coleção mostrada ontem. A grife conseguiu usar a sobreposição, unindo de forma incrível a maneira como os sem teto colocam uma roupa sobre a outra, bem naïf, com a tendência da estação, bem 90's.
Ponto para a estampa xadrez trabalhada com pedras de acrílico coloridas sobrepostas magistralmente sobre o tecido. Ponto para as peças em camadas jeans unidas por zíperes - quem nunca viu uma vizinha com uma bolsa feita assim? pois veio parar na passarela! Ponto para as peças em veludo estampadas com imagens de jornal - a forma como os andarilhos se aquecem nos fazem pensar. Em ordem nas imagens acima.
Quanto mais volume, melhor. A Amapô não se importa se eles vem dos ombros, da cintura ou do quadril. O hype é parecer enrolado em grandes trapos. Mas finos trapos, diga-se de passagem. Clique na imagem e veja a estampa multicolorida do primeiro vestido, parecendo um tecido manchado. A grife alcançou ótimos resultados tanto na modelagem quanto na estamparia.
E pra não dizer que não falamos de tendências que se repetem, aparece o preto, exaustivamente. Na Amapô ele vem rejuvenecido pelo xadrez com os quadrinhos de acrílico e por listras (again). Vale prestar atenção na grife daqui pra frente. Tenho certeza que promete grandes - e boas - surpresas!

Reações:

0 se meteram: